Quem tem escoliose pode receber algum benefício?

Quem tem escoliose pode receber algum benefício

Quem tem escoliose pode receber algum benefício? – A escoliose é uma deformidade caracterizada pela presença de uma curvatura na coluna, podendo causar alterações estéticas e funcionais ao paciente. As principais consequências para a saúde do paciente geralmente são observadas em quadros mais graves, com curvaturas acentuadas e capazes de comprometer a qualidade de vida e bem-estar do indivíduo.

Além do transtorno estético, a escoliose está associada a desconforto muscular e comprometimento da função pulmonar do paciente. Esses problemas, entretanto, são mais comuns em casos graves, enquanto a maioria das pessoas com deformidade leve convive com o problema sem apresentar sintomas significativos.

Dor nas costas: quando é possível se aposentar ou receber Auxílio-Doença?

Estima-se pelo menos 65% da população adulta mundial sofra com dores nas costas, um sintoma que pode estar associado a diversas condições de saúde e até mesmo aos hábitos de vida. A maioria desses casos, entretanto, não se torna incapacitante para justificar algum benefício trabalhista.

O mais comum é que o paciente sofra com um quadro de dor aguda nas costas, podendo ficar afastado do trabalho até que o problema seja controlado. Isso geralmente leva aproximadamente 5 a 10 dias, em que um atestado médico simples justifica sua ausência no emprego, sem maiores problemas.

Existem casos, porém, em que a dor nas costas é tão intensa ou constante que o trabalhador pode ser considerado portador de incapacidade permanente. Nessas situações, ele pode solicitar uma aposentadoria por invalidez junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A condição deverá ser atestada por um médico do trabalho.

Quem tem escoliose pode receber algum benefício?

Para ser considerado portador de incapacidade permanente, o trabalhador não é avaliado apenas em relação à sua condição de saúde. O perito do INSS considera principalmente as consequências físicas provocadas pela doença, assim como possibilidade de cura. O tipo de trabalho executado pelo paciente também pode influenciar em sua capacidade para atuar profissionalmente.

Quando a escoliose pode levar à aposentadoria?

No caso da escoliose, a deformidade geralmente causa dor em casos considerados graves, com curvatura acentuada. Quando há indicação cirúrgica corretiva, o trabalhador pode solicitar o chamado auxílio-doença, destinado aos indivíduos que precisam se afastar temporariamente do trabalho por motivos de saúde.

Podem receber o benefício do auxílio-doença os profissionais que passam por incapacidade temporária para o exercício de sua atividade profissional e precisam se afastar até que a situação se resolva. A aposentadoria por invalidez, por sua vez, é destinada às pessoas que estão permanentemente incapacitadas de trabalhar e não têm possibilidade de reabilitação.

Pacientes com escoliose geralmente chegam a este ponto quando a curvatura está muito acentuada e causando incômodos maiores, como comprometimento dos órgãos internos e dor incapacitante, e não há possibilidade cirúrgica. Existem algumas situações que podem levar à contraindicação de uma cirurgia de coluna, tais como:

  • Risco à medula óssea do paciente;
  • Existência de doenças que comprometam a cicatrização;
  • Baixa possibilidade de alcançar benefícios por meio da intervenção.

É importante que o paciente com escoliose seja devidamente acompanhado por um ortopedista especializado em coluna, que poderá avaliar a melhor forma de controlar o problema e evitar que o paciente se torne incapaz de realizar suas atividades.

+ posts

Matheus atua na área de Marketing Digital há 5 anos. E, assim como muitos profissionais de sucesso nesse segmento, ele é um verdadeiro autodidata.

Reply